sexta-feira, 30 de maio de 2008

Sei

Sei que tudo o que é bom é efémero,
Mas sei também que estamos longe do final.
Sei que não me queres mudar,
Mas sei também que te é difícil
Aceitares-me como sou...
Custa-te a perceber que nem sempre possa sorrir.
Que nem sempre possa falar como quererias...
Mas às vezes o silêncio impõe-se-me na alma
E o eterno dia escurece-me o semblante
Reflectindo o cansaço que há em mim!
A vida, essa, passa ligeira sem que a sinta,
Rápida como uma ave de rapina,
Sem que mude o que por ti sinto...
Sem que deixe de me custar
A interpretação errónea que de mim fazes!

12 Comments:

Blogger Tis said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

30/5/08 17:52  
Blogger mariazinha said...

Resumes bem os maiores problemas das relações (comunicação, aceitação, as danadas das expectativas...)

Oxalá ultrapasses todos os obstáculos. :)

beijo*

6/6/08 16:12  
Blogger Lux Caldron said...

Sim. Vão-se ultrapassando :)

Dark kiss*

7/6/08 19:02  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Numa sociedade que cultiva o efémero tudo é à pressa... e o à pressa gera muitos equívocos...

Abraço!

10/6/08 09:21  
Blogger Frankie said...

Não imaginas quantas vezes já passei por cá e li este poema sem nada consegui dizer.

Há, pura e simplesmente, certas coisas tão familiares -tão dolorosamente familiares- que, para mim, se torna quase impossível dizer o que quer que seja.

Espero que estejas bem, meu amigo.

Dark dark kiss*

14/6/08 12:10  
Blogger Tis said...

muitas vezes a melhor maneira de analisar as coisas, nao é pelos nossos olhos mas pelos olhos dos outros. e quando vejo que o que sentes e o que expressas é interpretado pelo outros como: uma noção que talvez nao estejas muito bem, e a noçao que fica é que "espero que estejas bem" eu so pergunto sera que estás bem? sim porque nesse teu mundo temo ser uma desconhecida! e talvez nao te compreenda mesmo como outras pessoas.

15/6/08 11:06  
Blogger Lux Caldron said...

Este poema foi escrito num momento em que, como já falamos, eu senti que estava a ser mal interpretado. O facto de por vezes me remeter ao "meu" silêncio... o facto de te responder por vezes em frase menos extensas do que estarias à espera... etc. foi interpretado de uma maneira errada e que eu senti como injusta. Ultrapassado esse momento nada mais restou desse "mau estar". Estou bem e o que restou foi apenas um desabafo, este poema, que como eu digo são apenas desabafos, e que me ajudou a ultrapassar o momento.

Dark kiss Tis*

17/6/08 00:11  
Blogger Lux Caldron said...

Frankie

Como já disse no comentário anterior, estou bem. Obrigado pela preocupação. Disseste o suficiente.

Dark kiss*



É verdade Klatuu. Mas estes são equívocos que com um bocado de calma e compreensão se vão resolvendo. Ninguém conhece ninguém antes de explorar e compreender aquilo que à primeira vista pode parecer algo diferente.

Abraço!

17/6/08 00:17  
Blogger andorinha said...

Tal como a Frankie já referiu, também eu vim aqui várias vezes sem nada conseguir dizer.
Tão pessoal, tão "sentido", tão doloroso...

Fico feliz por teres ultrapassado esse mau momento. E tens toda a razão. Conhecer alguém é um processo que exige tempo e disponibilidade mental.

Mas algumas vezes vale a pena:)

Beijo*

19/6/08 23:58  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Quando voltas a postar na NA?

20/6/08 04:14  
Blogger Frankie said...

Ora então ainda bem!

Rapaaaaaaaaaaz, já tenho saudades tuas! Tens-nos deixado aqui "tristes, sós e abandonados"?! sniff sniff...

Agora a sério: suponho que estejas naquela fase difícil de final de estáio/aulas, não?!
Venho desejar-te boa sorte para essas coisas todas -essas e todas as outras-.

Dark kiss*

2/7/08 14:17  
Blogger Lux Caldron said...

Ái... Estágio... o relatório ficou a meio... com as aulas que comecei a dar fiquei sem o tempo que tinha guardado para acabar aquilo e como fico lá para o ano e fiquei com cadeiras para trás, ir orientando tudo agora desde o início e entregar alguma coisa melhor para o ano. Se entregasse este não nunca seria nada para além de uma coisa feita à pressão.

De resto as aulas foram correndo bem mas trabalhosas e os exames podiam ter corrido melhor mas não se pode ter tudo :)=

Dark Kiss*



Klatuu... a sério. Entre aulas, treinos e exames não tenho tido tempo nem para coçar os *******...

Agora entrei de férias e vou ver se consigo pôr a leitura em dia, tenho muita coisa para ler pelos vossos blogs, mas tou numa de não fazer nenhum :) Mesmo assim pode ser que surja qualquer coisa.

Abraço



Andorinha

Tem valido bem a pena...

Dark kiss*

6/7/08 04:27  

Enviar um comentário

<< Home

Free Web Site Counter
Free Counters